Bem-vindo ao Totus Imóveis Classificados | Totus Publi


Especialista dá dicas de como contornar objeções na hora de vender | Notícias no Totus Imóveis Classificados
Você está em:
Brasil  

Todo Brasil

Blog: Negócios

Canais
Colunistas

Newsletter

Assine para receber novidades, dicas e promoções no seu e-mail

Especialista dá dicas de como contornar objeções na hora de vender

Vender não é uma tarefa fácil. Inúmeras objeções costumam surgir em uma apresentação ou uma simples conversa com potenciais clientes. Com base nos argumentos mais comuns que costumam arruinar vendas, o especialista em empreendedorismo digital Conrado Adolpho elenca quais são as 10 objeções mais frequentes no momento de vender, seja pelo mundo online ou off-line.


“Todas as objeções podem ser vencidas, basta técnica e prática. Os argumentos clássicos que matam vendas envolvem, por parte do cliente, falta de confiança, insegurança e preocupação”, diz o especialista. “A técnica de desconstrução de objeções, chamada de copywriting, exige raciocínio rápido e conhecimento amplo do negócio e do mercado em que ele está inserido”, completa Conrado.


Os 10 argumentos que podem acabar com as vendas:


1. Desconfiança


Como resolver: com autoridade – é preciso construir a imagem do empreendedor e da empresa.


2. “Isso não dá certo para mim”


Como resolver: apresentando cases de pessoas que compraram a ideia e/ou conceito apresentado e, efetivamente, gostaram do que compraram.


3. “Não vou conseguir implementar”


Como resolver: mostrar case ou situação semelhante em que tenha sido superada essa mesma dificuldade de infraestrutura ou planejamento.


4. “Não preciso disso agora”


Como resolver: apontando as reais necessidades do cliente que ele não está levando em consideração.


5. Dependência da opinião de alguém próximo


Como resolver: argumentar logicamente para que o cliente consiga explicar sozinho para esposa, marido, etc, as ideias/conceitos que ele se interessou.


6. Sigilo


Como resolver: quando questionado, apresentar a política de privacidade da empresa e garantir a discrição do negócio.


7. “É tão bom que o meu negócio não aguentaria”


Como resolver: é uma boa objeção porque a pessoa já está pensando em implementar seu produto ou conceito, mas não tem a infraestrutura necessária para atender a nova demanda que seria gerada, por isso, ofereça formas de aprimorar a infraestrutura do cliente.


8. “Não tenho dinheiro”


Como resolver: mostrar a importância do seu produto/conceito para a vida dela e flexibilizar a forma de pagamento.


9. “E se eu não gostar?”


Como resolver: deixar muito clara a política de devolução do pagamento e quais são as garantias para seu produto.


10. “Não quero nem saber” ou “Ouvi falar que não é bom”


Como resolver: não argumentar contra a “fofoca” ouvida; aproveitar o gancho para mostrar que se a pessoa já ouviu falar da sua empresa, certamente ela já ouviu coisas boas também e pontuar as qualidades.



Foto: Thinkstock

Publicado por:

© 2014 . Totus Publicidade